BlackTDN Search

domingo, 30 de outubro de 2011

Protheus :: MSSQL :: Retornando o conteúdo de campo “Memo” em uma Consulta

Às vezes precisamos consultar o conteúdo armazenado em um campo memo e, um simples SELECT não irá nos ajudar pois o conteúdo retornado será “Ininteligível”.

SELECT
   [alias].[memoField] AS [MEMO]
FROM
   [table] [alias] WITH (NOLOCK)

irá retornar algo como:

SELECT
    [SRM].[R_E_C_N_O_],
    [SRM].[RM_MEMO] AS [MEMO]
FROM
    [SRM010] [SRM] WITH (NOLOCK)

image

Para que a consulta retorne o conteúdo que desejamos e não o seu valor binário, necessitaremos efetuar conversões de tipo usando a função “CONVERT” conforme abaixo:

SELECT
    [SRM].[R_E_C_N_O_],
    ISNULL(CONVERT(VARCHAR(1024),CONVERT(VARBINARY(1024),[alias].[memoField])),'') AS [MEMO]
FROM
    [table] [alias] WITH (NOLOCK)

Onde teremos:

SELECT
   [SRM].[R_E_C_N_O_],
   ISNULL(CONVERT(VARCHAR(1024),CONVERT(VARBINARY(1024),[SRM].[RM_MEMO])),'') AS [MEMO]
FROM
   [SRM010] [SRM] WITH (NOLOCK)

image

ou, de forma semelhante, com “CAST” onde teríamos:

SELECT
   ISNULL(CAST(CAST([alias].[memoField] AS VARBINARY(1024)) AS VARCHAR(1024)),'') AS [MEMO]
FROM
   [table] [alias] WITH (NOLOCK)

Cujo retorno obtemos abaixo:

SELECT
   [SRM].[R_E_C_N_O_],
   ISNULL(CAST(CAST([SRM].[RM_MEMO] AS VARBINARY(1024)) AS VARCHAR(1024)),'') AS [MEMO]
FROM
   [SRM010] [SRM] WITH (NOLOCK)

image

Para maiores referências consulte: “(Microsoft/TechNet)::CAST e CONVERT (Transact-SQL)

Lembrando que uma das piores soluções implementadas pela Totvs/Microsiga foi o uso do “Memo Virtual” onde usamos a famigerada MsMM() para armazenar/obter o conteúdo do “Campo Memo”. Sempre que possível, evite a utilização do “Memo Virtual” uma vez que, depois de muito tempo o dbAccess passou a suportar mais de um “Memo Real” por Tabela.

Obs.: Para o exemplo, populei o campo RM_MEMO da Tabela SRM, através do MP/APSDU com o seguinte conteúdo:

(
    cCRLF := CHR(13) + CHR10) ,
    RM_FILIAL  + " "    +
    RM_CHAVE   + " "    +
    RM_SEQ     + " "    +
    RM_SUBSEQ  + " "    +
    RM_DESCRIC + cCRLF  +
    RM_IF      + cCRLF  +
    RM_VERBA   + cCRLF  +
    RM_FORMULA + cCRLF  +
    RM_FALSE   + cCRLF  +
    RM_CALCULO + cCRLF  +
    RM_VERSAO  + cCRLF  +
    RM_HABILIT + cCRLF  +
    RM_CODFOR  +  cCRLF +
    STR(RECNO(),10,0)
)

[]s

иαldσ dj

16 comentários:

  1. Excelente,
    me auxiliou em uma consulta para Logix Bi.
    Att
    Carlos Jr

    ResponderExcluir
  2. No Oracle teriamos algo como:

    select replace(replace(utl_raw.cast_to_varchar2(srm.rm_memo),chr(13),'CHR(13)'),chr(10),'CHR(10)') rm_memo from siga.srm010 srm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. select substr(replace(replace(utl_raw.cast_to_varchar2(DBMS_LOB.SUBSTR(SZG.ZG_XML,1000,1)),chr(13),''),chr(10),''),268,8) ZB_XML from SZG200 SZG

      Excluir
  3. Como fazer o processo inverso. Ou seja, eu quero dar um UPDATE no banco, e preciso converter o texto que eu tenho, em binário para jogar na tabela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A conversão não é necessária. Poderá efetuar um UPDATE normalmente.

      Excluir
  4. Ola srs,

    Sobre o assunto, como eu faria para salvar uma informação em um campo MEMO Virtual ?
    Ex. tenho uma tabela e com um campo virtual Memo. Tenho uma outra rotina que precisa acessar este campo virtual desta tabela e colocar uma informação.

    Obrg e aguardo

    ResponderExcluir
  5. Naldo,
    Em DB2 essas consultas acima não funcionaram aqui e em outro cliente de um colega.
    Veja os select´s:
    1)
    SELECT ID_EVENTO,TPEVENTO,SEQEVENTO,AMBIENTE,DATE_EVEN,TIME_EVEN,VERSAO,VEREVENTO,VERTPEVEN,VERAPLIC,CORGAO,CSTATEVEN,CMOTEVEN,
    PROTOCOLO,NFE_CHV,ISNULL(CAST(CAST(XML_ERP AS VARBINARY(1024)) AS VARCHAR(1024)),'') AS TMEMO1,
    ISNULL(CAST(CAST(XML_RET AS VARBINARY(1024)) AS VARCHAR(1024)),'') AS TMEMO2
    FROM SPED150
    WHERE D_E_L_E_T_ = ' ' AND STATUS = 6
    AND NFE_CHV = '52130602302647000101550010000595071001855580'
    ORDER BY LOTE

    ERRO:
    DB2 SQL error: SQLCODE: -104, SQLSTATE: 42601, SQLERRMC: VARBINARY;(CAST(SPD.XML_ERP AS;VARCHAR2
    Message: An unexpected token "VARBINARY" was found following "(CAST(SPD.XML_ERP AS". Expected tokens may include: "VARCHAR2".


    2)
    SELECT ID_EVENTO,TPEVENTO,SEQEVENTO,AMBIENTE,DATE_EVEN,TIME_EVEN,VERSAO,VEREVENTO,VERTPEVEN,VERAPLIC,CORGAO,CSTATEVEN,CMOTEVEN,
    PROTOCOLO,NFE_CHV,ISNULL(CONVERT(VARCHAR(2024),CONVERT(VARBINARY(2024),XML_ERP)),'') AS TMEMO1,
    ISNULL(CONVERT(VARCHAR(1024),CONVERT(VARBINARY(1024),XML_RET)),'') AS TMEMO2
    FROM SPED150
    WHERE D_E_L_E_T_ = ' ' AND STATUS = 6
    AND NFE_CHV = '52130602302647000101550010000595071001855580'
    ORDER BY LOTE

    ERRO:
    DB2 SQL error: SQLCODE: -440, SQLSTATE: 42884, SQLERRMC: VARCHAR;FUNCTION
    Message: No authorized routine named "VARCHAR" of type "FUNCTION" having compatible arguments was found.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adapte a consulta para uso com o DB2. Os exemplos foram montados para uso com o MS SQL e, nos comentários, tem um para Oracle. Sendo assim, verifique os tipos existentes no DB2 para a conversão e utilize-os.

      Excluir
    2. Já tentei as funções CAST que são relacionadas ao DB2 porém elas também não funcionam.

      Excluir
    3. Para o DB2 usa-se a função CAST, mas ela também não funcionou. O retorno é NOT AUTHORIZED ROUTINE. Então eu tentei o embedded sql, mas o nome da tabela sped150 tá sendo alterado.
      Eu mando:
      FROM %TABLE:SPED150%
      E ele converte para:
      FROM SPE010

      Alguma outra saída?

      Excluir
    4. Poliester,

      Uma dica simples que irá resolver o seu problema:

      1) Acesse o sistema;
      2) Abra o Monitor do dbAccess;
      3) Localize a conexão do seu usuário;
      4) Habilite o Trace para essa conexão;
      5) Acesse o Protheus e execute uma rotina que abra tabelas que possue(m) campo(s) memo reais;
      6) Verifique, no Trace gerado pelo dbAccess, como a consulta foi montada pelo sistema;
      7) Use-a como referência e generalize-a;

      Ps.: Quando conseguir de desejar compartilhar, basta deixar um pequeno exemplo nos comentários.

      []s

      Excluir
  6. Para banco Oracle transformar BLOB pra VARCHAR consegui desta maneira > utl_raw.cast_to_varchar2(dbms_lob.substr(X_COLUNA, 2000, 1)) onde o valor 2000 foi o maximo que conseguir pegar de tamanho em bytes e o 1 é de onde começa

    ResponderExcluir
  7. NOssa esses campos memo são a pior coisa do protheus, totalmente desnecessário mas vlw a dica, quando eu preciso eu uso uma função que fiz mas este é uma boa dica...

    ResponderExcluir
  8. Eu tentei usar este comando no
    MSAccess 2010 e não funcionou, retorna que falta argumentos. Alguem conhece uma solução?

    ResponderExcluir
  9. Uma observação importante, tenho visto muitas queryes em todos os lugares onde vejo implementações dos ERP's da TOTVS com o table hint (nolock). Isso é uma péssima prática, pois você está trabalhando com o Isolation level Read Uncommited, o que significa que estará trazendo sujeira de transações incompletas no banco (além de ter a possibilidade de impactar nas transações não completas, é difícil mas pode ocorrer). O certo para trabalhar com isolamento e melhor desempenho em bancos transacionais é o uso do table hint (readpast), pois o mesmo trará apenas transações completas.

    ResponderExcluir