Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

BlackTDN :: Social :: Rifa Festival da Arte Capoeira Projeto Eu Sou Ninja

Angariar fundos para cobrir os custos logísticos do "Festival da Arte Capoeira" e apoiar o projeto Eu Sou Ninja em sua missão de promover a integração social e cultural na comunidade de Jacaraípe. Com a criação da rifa, buscamos envolver a comunidade de forma ativa no financiamento do evento, permitindo que todos contribuam para o sucesso do festival e para a continuidade das atividades do projeto. Prêmio: Copia da minha biblioteca pessoal de AdvPL/TLpp ..etc Participe da Rifa Eu já contribui. Só falta você! ```cmd Pasta de C:\GitHub\naldodj-tlpp 13/04/2024 19:17 . 19/03/2024 13:49 .. 05/01/2024 12:22 2.742 .gitattributes 14/11/2023 16:02 83 .gitignore 02/12/2023 20:08 .vscode 05/01/2024 12:05 bin 13/04/2024 19:18 4.121 ChangeLog.txt 27/12/2023 02:05 include 14/11/2023 16:02 27.030 LICENSE.txt 14/11/2023 16:02 0 makepatch.lst 14/11/2

Protheus :: Disponibilizando os módulos específicos no SIGAMDI

O Microsiga Protheus possibilita ao usuário criar até 3 Módulos Específicos. O SIGAESP, SIGAESP1 e SIGAESP2. Mas, esses módulos só estarão disponíveis para uso através do SIGAMDI se as funções que retornarem o seu nome estiverem compiladas no repositório.

As funções são, respectivamente:

U_ESPNOME();
U_ESP1NOME() ; e
U_ESP2NOME().

Que em sua declaração formal ficariam como:


User Function EspNome()
Return( "SIGAESP" ) //Neste caso Retornei o Nome do Módulo.

ou

User Function EspNome()
Return( OemToAnsi( "Descrição do Módulo SIGAESP" ) ) //Neste caso Retornei uma Descrição para o Módulo.

Para Retornar a Descrição para o Módulo Específico SIGAESP

**********************************************************

User Function Esp1Nome()
Return( "SIGAESP1" ) //Neste caso Retornei o Nome do Módulo.

ou

User Function Esp1Nome()
Return( OemToAnsi( "Descrição do Módulo SIGAESP1" ) ) //Neste caso Retornei uma Descrição para o Módulo.

Para Retornar a Descrição para o Módulo Específico SIGAESP1

**********************************************************

User Function Esp2Nome()
Return( "SIGAESP2" ) //Neste caso Retornei o Nome do Módulo.

ou

User Function Esp2Nome()
Return( OemToAnsi( "Descrição do Módulo SIGAESP2" ) ) //Neste caso Retornei uma Descrição para o Módulo.

Para Retornar a Descrição para o Módulo Específico SIGAESP2
       

Lembrando que, os pontos de Entrada Genéricos para os Módulos, também estão disponíveis para os módulos Específicos, bastando para isso, criar uma "User Function" com o mesmo nome da Função Principal do Módulo, como:


User Function SIGAESP()
 //...Faz Alguma Coisa...
Return( NIL ) 

User Function SIGAESP1()
 //...Faz Alguma Coisa...
Return( NIL )

User Function SIGAESP2()
 //...Faz Alguma Coisa...
Return( NIL )
       

Os Pontos de Entrada Genéricos de um módulo serão sempre executados após a abertura do sistema e sempre que se retornar ao menu principal.


E.T.: Lembrando que os módulos Específicos só estarão disponíveis aos usuários que receberem acesso através da configuração de senha.

[]s
иαldσ dj

...

Comentários

  1. Boa tarde Naldo,
    Só uma dúvida sobre esta postagem, estou necessitando utilizar os pontos de entrada dos módulos conforme postado, porém não funciona no modo Flat e MDI, qual a alternativa neste caso?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

BlackTDN :: RLeg ~ Desvendando a Função ParamBox

Para quem precisar desenvolver uma interface de entrada de dados, coisa rápida, e não quer ter aquele trabalhão danado que todos já sabemos, o Protheus tem uma função que ajuda muito, é uma interface semelhante a função Pergunte, porém com muito mais opção de objeto de entrada de dados, alias até colocar o scrollbox desta interface com todos os objetos em outra MsDialog ou Wizard é simples. Vejam o exemplo abaixo, boa sorte! Rleg. //---------------------------------------------------------- // Função exemplo utilizando a função ParamBox() //---------------------------------------------------------- User Function xParamBox() Local aRet := {} Local aParamBox := {} Local aCombo := {"Janeiro","Fevereiro","Março","Abril","Maio","Junho","Julho","Agosto","Setembro","Outubro","Novembro","Dezembro"} Local i := 0 Private cCadastro := "xParambox" // ---------------

Protheus :: Chamando Funções do Menu Diretamente e sem a Necessidade de Login

Ferne$ perguntou: "...é possível abrir alguma rotina do sistema sem solicitar login ao usuário, como por exemplo a rotina MATA010..." Sim Ferne$, é possível sim. Abaixo um Exemplo para a Chamada à função MATA010 sem a necessidade de Login no sistema. #INCLUDE "PROTHEUS.CH" #INCLUDE "TBICONN.CH" /*/ Funcao: MATA010Ex Data: 30/04/2011 Autor: Marinaldo de Jesus Descricao: Executar a Funcao MATA010 diretamente sem a necessidade de LOGIN no Protheus Sintaxe: 1 ) U_MATA010Ex ( Chamada diretamente na Tela de Entrada do Sistema ) ; ou 2 ) totvsclient.exe -q -p=u_MATA010Ex -a=01;01 -c=rnp_local -e=rnp -m -l ( Chamada Via Linha de Comando ) /*/ User Function MATA010Ex( cEmpFil ) Local aEmpFil Local bWindowInit := { || __Execute( "MATA010()" , "xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx" , "MATA010" , "SIGAFAT" , "SIGAFAT", 1 , .T. ) } Local cEmp Local cFil Local cMod Local cModName := "SIGAFAT" DEFA

BlackTDN :: Customizando a interface de Login no Protheus e by You

A publicação “ BlackTDN :: By You e sua nova tela de login ”  de nosso amigo OBona deu o que falar e, em função disso, esse que a muito não vos escreve resolveu criar uma versão onde será possível personalizar, “por completo”, a tela de login no Protheus/by You. Considerando que OBona já havia “mapeado, identificado e customizado” as imagens peguei-as emprestadas para o exemplo que se segue: O primeiro passo para a customização “total” da interface de login do Protheus/by You será implementar o “Ponto de Entrada” ChgPrDir (Diretório de impressão) . Usaremos esse PE juntamente como programa U_FindMsObject.prg (apresentado pela primeira vez em: Protheus :: ADVPL : The Container : Presents Pandora's box ). Diferente do exemplo proposto por OBona, que substitui, durante o processo de compilação, as imagens padrões do sistema (excluindo-as) por imagens customizadas (com o mesmo nome) este novo exemplo mantém, no RPO, as imagens padrões adicionando novas imagens customizadas que serã