Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

🚀 Oferecendo Serviços Remotos de Desenvolvedor AdvPL e Mais 🖥️

🚀 Oferecendo Serviços Remotos de Desenvolvedor AdvPL e Mais 🖥️ Olá pessoal, Espero que este post encontre todos vocês bem! É com grande entusiasmo que compartilho que estou expandindo meus serviços como Desenvolvedor AdvPL para novos desafios e colaborações. Com mais de duas décadas de experiência sólida, minha jornada profissional tem sido enriquecedora, com a oportunidade de participar de projetos empolgantes ao longo dos anos. Agora, estou ansioso para trazer minha experiência e habilidades para novas equipes e projetos, trabalhando de forma remota. Minha expertise abrange não apenas AdvPL, mas também outras tecnologias-chave, incluindo JS, SQL, Infraestrutura e Otimização de Processos. Acredito que essa combinação de conhecimentos me permite oferecer soluções abrangentes e eficazes para uma variedade de necessidades de desenvolvimento. Acredito que a tecnologia tem o poder de transformar negócios e impulsionar o sucesso, e estou comprometido em ajudar meus clientes a alcançar seu

BlackTDN :: PWSH :: Importação Eficiente de Dados do Excel para o MSSQL com PowerShell

# Importação Eficiente de Dados do Excel para o MSSQL com PowerShell

![Importação de Dados](https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiF0QZFtxlHkjyMinV7xux5AH_pkKT1FllOWSp2nd7_Mmf26uI9CwDZVnDeFbae6Mozjcmp1WLB7s-qPnachWb6EhOK-OHW5B7YBkiWR_GntbFWtq0sW93PjSeWXJgNxHjrXStiqW0E6CZJqlI5l9lXbFf5cQxjVvj5vMNtf2wGSygXt0yyHs9Er1Hm4L8/s4096/excel-logo-0.png)
Em ambientes empresariais e de análise de dados, a importação de informações a partir de planilhas Excel é uma tarefa comum, mas nem sempre é fácil. Felizmente, temos uma solução eficiente para tornar esse processo mais suave e automatizado: um script PowerShell personalizado. ## O Desafio da Importação de Dados do Excel Planilhas do Excel são uma forma popular de armazenar dados, mas quando se trata de migrar esses dados para um banco de dados como o Microsoft SQL Server (MSSQL), o processo pode se tornar demorado e propenso a erros. ## A Solução PowerShell Apresentamos o script PowerShell `DiffMegaInsertInToSQL`, que resolve esse desafio de forma eficaz. Vamos dar uma olhada nas principais funcionalidades e no processo de importação de dados. ### Funcionalidades do Script - **Automatização Total**: O script automatiza o processo de importação, permitindo que você importe dados de várias planilhas em um único comando. - **Geração de Consultas SQL Dinâmicas**: O script gera consultas SQL de forma dinâmica com base nos dados da planilha, tornando a importação de dados altamente personalizável. - **Gerenciamento de Erros**: O script lida com erros de importação de dados de maneira eficaz e inclui informações de log detalhadas. ### Como Usar o Script O uso do script é bastante simples: 1. Abra o Windows PowerShell. 2. Certifique-se de que os módulos ImportExcel e SqlServer estão instalados no seu sistema. Caso contrário, o script irá instalá-los automaticamente. 3. Execute o script `DiffMegaInsertInToSQL`. ### Processo de Importação O script segue as seguintes etapas durante o processo de importação: 1. Lê os dados de uma planilha Excel usando o módulo ImportExcel. 2. Gera consultas SQL dinâmicas com base nos dados da planilha, para que cada linha de dados seja inserida no MSSQL de acordo com as regras específicas de cada registro. 3. Lida com erros de importação e cria um arquivo de log detalhado com informações sobre o processo. 4. Após a importação bem-sucedida, você terá seus dados armazenados no MSSQL de maneira organizada e pronta para análise. ## Conclusão A importação de dados do Excel para o MSSQL pode ser uma tarefa complexa, mas o script PowerShell `DiffMegaInsertInToSQL` simplifica todo o processo. Ele oferece automação, personalização e gerenciamento de erros, tornando a importação de dados mais rápida e eficiente. Se você trabalha com dados de planilhas Excel e deseja otimizar o processo de importação, experimente este script. Ele pode economizar tempo e garantir que seus dados sejam importados de forma confiável e precisa. Lembre-se de que o PowerShell é uma ferramenta poderosa para automação de tarefas, e este script é apenas um exemplo de como ele pode ser usado para simplificar processos de importação de dados. Continue explorando e aproveitando as vantagens dessa incrível ferramenta! --- Para incorporar código Markdown em uma página HTML do Blogger, você pode seguir o exemplo do [cs905s/md-in-blogger](https://github.com/cs905s/md-in-blogger). Para automatizar a importação de dados do Excel para o Microsoft SQL Server (MSSQL) com PowerShell, você pode aproveitar o código fornecido por Marinaldo de Jesus no repositório [naldodj/naldodj-pwsh-excelToMSSQL](https://github.com/naldodj/naldodj-pwsh-excelToMSSQL). Esta postagem foi criada com a contribuição do modelo de linguagem AI da OpenAI. --- Este post foi criado com a ajuda do [cs905s/md-in-blogger](https://github.com/cs905s/md-in-blogger) para incorporar Markdown no Blogger. O código PowerShell para a importação de dados do Excel para o MSSQL foi escrito por Marinaldo de Jesus e pode ser encontrado em [naldodj/naldodj-pwsh-excelToMSSQL](https://github.com/naldodj/naldodj-pwsh-excelToMSSQL). A contribuição do modelo de linguagem AI da OpenAI foi fundamental para a criação deste conteúdo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BlackTDN :: RLeg ~ Desvendando a Função ParamBox

Para quem precisar desenvolver uma interface de entrada de dados, coisa rápida, e não quer ter aquele trabalhão danado que todos já sabemos, o Protheus tem uma função que ajuda muito, é uma interface semelhante a função Pergunte, porém com muito mais opção de objeto de entrada de dados, alias até colocar o scrollbox desta interface com todos os objetos em outra MsDialog ou Wizard é simples. Vejam o exemplo abaixo, boa sorte! Rleg. //---------------------------------------------------------- // Função exemplo utilizando a função ParamBox() //---------------------------------------------------------- User Function xParamBox() Local aRet := {} Local aParamBox := {} Local aCombo := {"Janeiro","Fevereiro","Março","Abril","Maio","Junho","Julho","Agosto","Setembro","Outubro","Novembro","Dezembro"} Local i := 0 Private cCadastro := "xParambox" // ---------------

Protheus :: Chamando Funções do Menu Diretamente e sem a Necessidade de Login

Ferne$ perguntou: "...é possível abrir alguma rotina do sistema sem solicitar login ao usuário, como por exemplo a rotina MATA010..." Sim Ferne$, é possível sim. Abaixo um Exemplo para a Chamada à função MATA010 sem a necessidade de Login no sistema. #INCLUDE "PROTHEUS.CH" #INCLUDE "TBICONN.CH" /*/ Funcao: MATA010Ex Data: 30/04/2011 Autor: Marinaldo de Jesus Descricao: Executar a Funcao MATA010 diretamente sem a necessidade de LOGIN no Protheus Sintaxe: 1 ) U_MATA010Ex ( Chamada diretamente na Tela de Entrada do Sistema ) ; ou 2 ) totvsclient.exe -q -p=u_MATA010Ex -a=01;01 -c=rnp_local -e=rnp -m -l ( Chamada Via Linha de Comando ) /*/ User Function MATA010Ex( cEmpFil ) Local aEmpFil Local bWindowInit := { || __Execute( "MATA010()" , "xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx" , "MATA010" , "SIGAFAT" , "SIGAFAT", 1 , .T. ) } Local cEmp Local cFil Local cMod Local cModName := "SIGAFAT" DEFA

BlackTDN :: Customizando a interface de Login no Protheus e by You

A publicação “ BlackTDN :: By You e sua nova tela de login ”  de nosso amigo OBona deu o que falar e, em função disso, esse que a muito não vos escreve resolveu criar uma versão onde será possível personalizar, “por completo”, a tela de login no Protheus/by You. Considerando que OBona já havia “mapeado, identificado e customizado” as imagens peguei-as emprestadas para o exemplo que se segue: O primeiro passo para a customização “total” da interface de login do Protheus/by You será implementar o “Ponto de Entrada” ChgPrDir (Diretório de impressão) . Usaremos esse PE juntamente como programa U_FindMsObject.prg (apresentado pela primeira vez em: Protheus :: ADVPL : The Container : Presents Pandora's box ). Diferente do exemplo proposto por OBona, que substitui, durante o processo de compilação, as imagens padrões do sistema (excluindo-as) por imagens customizadas (com o mesmo nome) este novo exemplo mantém, no RPO, as imagens padrões adicionando novas imagens customizadas que serã