Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

🚀 Oferecendo Serviços Remotos de Desenvolvedor AdvPL e Mais 🖥️

🚀 Oferecendo Serviços Remotos de Desenvolvedor AdvPL e Mais 🖥️ Olá pessoal, Espero que este post encontre todos vocês bem! É com grande entusiasmo que compartilho que estou expandindo meus serviços como Desenvolvedor AdvPL para novos desafios e colaborações. Com mais de duas décadas de experiência sólida, minha jornada profissional tem sido enriquecedora, com a oportunidade de participar de projetos empolgantes ao longo dos anos. Agora, estou ansioso para trazer minha experiência e habilidades para novas equipes e projetos, trabalhando de forma remota. Minha expertise abrange não apenas AdvPL, mas também outras tecnologias-chave, incluindo JS, SQL, Infraestrutura e Otimização de Processos. Acredito que essa combinação de conhecimentos me permite oferecer soluções abrangentes e eficazes para uma variedade de necessidades de desenvolvimento. Acredito que a tecnologia tem o poder de transformar negócios e impulsionar o sucesso, e estou comprometido em ajudar meus clientes a alcançar seu

BlackTDN :: A Épica Jornada de Customizar o TMS

# A Épica Jornada de Customizar o TMS

Ah, a gloriosa tarefa de customizar o TMS (Transport Management System)! Imagine-se um intrépido explorador, adentrando uma selva densa e inóspita de código macarrônico, onde cada linha de código é um enigma a ser desvendado e cada função é uma cilada traiçoeira pronta para capturar sua sanidade.

## Capítulo 1: A Primeira Impressão

Você começa com entusiasmo, abrindo o código fonte. De repente, o desespero bate. É como abrir um baú de tesouro e encontrar... um ninho de cobras! Variáveis sem nomes significativos, funções anônimas, comentários enigmáticos (quando existem), e aquela sensação de que cada linha foi escrita por alguém diferente... em dias de lua cheia.

## Capítulo 2: A Estrutura Labiríntica

Você decide se aventurar mais fundo. Abre um arquivo, depois outro, e mais outro... Cada um parece ter sido escrito em uma dimensão diferente. Alguns seguem convenções da Idade da Pedra, outros foram aparentemente influenciados por algum estilo de programação extraterrestre.

Maravilha, três estilos diferentes de controle de fluxo em três arquivos. É quase poético.

## Capítulo 3: A Documentação Oculta

Na esperança de encontrar algum farol que guie sua jornada, você busca pela documentação. Ah, a documentação! Aquela entidade mística que dizem existir, mas que ninguém nunca viu de fato.

A documentação oficial, quando existe, é um verdadeiro poema dadaísta. Útil, não? Agora, pelo menos, você sabe que a função faz... coisas.

## Capítulo 4: A Customização

Com a coragem renovada e uma dose de cafeína, você decide começar a customização. Precisa adicionar uma nova funcionalidade? Boa sorte. Alterar uma lógica existente? Prepare-se para um efeito borboleta onde, ao mudar uma linha, uma aplicação em outra cidade para de funcionar.

A abordagem é simples: tentativa e erro. Como um escultor, você vai esculpindo o código, linha por linha, bug por bug, na esperança de criar algo minimamente funcional. E quando finalmente parece que tudo está certo... BOOM! Um erro inesperado surge, de um canto do código que você nem sabia que existia.

## Capítulo 5: A Realização

Depois de incontáveis horas, noites mal dormidas, e um dicionário expandido de palavrões, você finalmente completa a customização. O código está lá, funcionando (quase) perfeitamente. Você se sente um herói, mas um herói que sabe que amanhã, ou talvez na próxima semana, será chamado novamente para adentrar essa floresta densa de código macarrônico.

E assim termina mais um dia de customização no TMS. Parabéns! Você sobreviveu. Por enquanto.

![Descrição da Imagem](https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjN-ieS6iU2EaGpJE-BLPEUZ12U5okD6vOfYyJAAddJMd4FmFhm7xQOSyRr4f0iWiYofmb2O-fwxAomtVaAaSrVVFIaljo-TP3E5OFmz8UDlIkAORlv7rWBEsZlusXBmcx_k9cU5xU5rGAv2BzLuFUxjsNdTmLS6wIABbxaHg6ad0vQwsy1LAbJUWo5dB8)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BlackTDN :: RLeg ~ Desvendando a Função ParamBox

Para quem precisar desenvolver uma interface de entrada de dados, coisa rápida, e não quer ter aquele trabalhão danado que todos já sabemos, o Protheus tem uma função que ajuda muito, é uma interface semelhante a função Pergunte, porém com muito mais opção de objeto de entrada de dados, alias até colocar o scrollbox desta interface com todos os objetos em outra MsDialog ou Wizard é simples. Vejam o exemplo abaixo, boa sorte! Rleg. //---------------------------------------------------------- // Função exemplo utilizando a função ParamBox() //---------------------------------------------------------- User Function xParamBox() Local aRet := {} Local aParamBox := {} Local aCombo := {"Janeiro","Fevereiro","Março","Abril","Maio","Junho","Julho","Agosto","Setembro","Outubro","Novembro","Dezembro"} Local i := 0 Private cCadastro := "xParambox" // ---------------

Protheus :: Chamando Funções do Menu Diretamente e sem a Necessidade de Login

Ferne$ perguntou: "...é possível abrir alguma rotina do sistema sem solicitar login ao usuário, como por exemplo a rotina MATA010..." Sim Ferne$, é possível sim. Abaixo um Exemplo para a Chamada à função MATA010 sem a necessidade de Login no sistema. #INCLUDE "PROTHEUS.CH" #INCLUDE "TBICONN.CH" /*/ Funcao: MATA010Ex Data: 30/04/2011 Autor: Marinaldo de Jesus Descricao: Executar a Funcao MATA010 diretamente sem a necessidade de LOGIN no Protheus Sintaxe: 1 ) U_MATA010Ex ( Chamada diretamente na Tela de Entrada do Sistema ) ; ou 2 ) totvsclient.exe -q -p=u_MATA010Ex -a=01;01 -c=rnp_local -e=rnp -m -l ( Chamada Via Linha de Comando ) /*/ User Function MATA010Ex( cEmpFil ) Local aEmpFil Local bWindowInit := { || __Execute( "MATA010()" , "xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx" , "MATA010" , "SIGAFAT" , "SIGAFAT", 1 , .T. ) } Local cEmp Local cFil Local cMod Local cModName := "SIGAFAT" DEFA

BlackTDN :: Customizando a interface de Login no Protheus e by You

A publicação “ BlackTDN :: By You e sua nova tela de login ”  de nosso amigo OBona deu o que falar e, em função disso, esse que a muito não vos escreve resolveu criar uma versão onde será possível personalizar, “por completo”, a tela de login no Protheus/by You. Considerando que OBona já havia “mapeado, identificado e customizado” as imagens peguei-as emprestadas para o exemplo que se segue: O primeiro passo para a customização “total” da interface de login do Protheus/by You será implementar o “Ponto de Entrada” ChgPrDir (Diretório de impressão) . Usaremos esse PE juntamente como programa U_FindMsObject.prg (apresentado pela primeira vez em: Protheus :: ADVPL : The Container : Presents Pandora's box ). Diferente do exemplo proposto por OBona, que substitui, durante o processo de compilação, as imagens padrões do sistema (excluindo-as) por imagens customizadas (com o mesmo nome) este novo exemplo mantém, no RPO, as imagens padrões adicionando novas imagens customizadas que serã